sexta-feira, 15 de abril de 2011

Fala Alan Raspante

Opaa... tenho um enorme prazer, que na reestreia do Fala Aí, teremos uma deliciosa entrevista com Alan Raspante, do Cinegrafia. Um bate papo delicioso de uma das minhas parcerias mais vitoriosas. Não preciso dizer quem ele é né? Pois constantemente vem invadindo este espaço, o fazendo crescer cada vez mais. Confiram na íntegra essa conversa:

Primeiramente gostaria de agradecer por ter aceito o convite de reinaugurar esta coluna. Alan... como você conheceu o Tô Ligado!?
Ah, o prazer é todo meu de ter a honra de estreiar o quadro aqui no blog. Eu conheci através de outro blog na famosa lacuna de "parceiros". Como faz muuuito tempo, não vou saber lhe dizer qual era o blog. Mas me lembro que foi assim!


Hum... falando em blogs... Você é bem conhecido na blogsfera, fale um pouco da sua experiência. Opa, conhecido?! rs Não posso dizer que tenho muita experiência mas, já tenho uma certa 'bagagem'. O blog começou como uma necessidade pessoal. Tinha quatorze anos e um tempo ocioso. Sempre fui um tipo melodramático e precisava partilhar isso com alguém. O meu primeiro blog foi a coisa mais bizarra que eu já vi. Um verdadeiro terror! Era uma mistura de "diário" com notícias sobre qualquer coisa. Era um tanto assustador. Mas, sabe como é? Fazer um blog pela primeira vez é sempre inesquecível.

Acho que era o Naum Acredito é isso né?
Não exatamente. Tive uns dois blogs antes do "Naum Acredito". Mas, o "Naum Acredito" é mesmo o primeiro. Teve público e reconhecimento.


Uma de suas características é essa constate mudança...De lá pra cá, você tem ideia de quantos blogs você já teve?

Constante mudança? Bota constante nisso! Deixa eu contar... Olha, uns blogs que chegue a abrir e postar realmente... deve ser uns 10. Mas teve vários casos de fazer o blog e excluí-lo logo em seguida.


E porque muda tanto de blog? Não seria mais fácil adequar o conteúdo?
Eu fiz isso várias vezes. Era uma desculpa que usava pra mim mesmo : "Vou fechar este e fazer algo onde eu faça de tudo!". O problema é que sempre falava sobre cinema... e quando fazia um apenas de cinema eu logo achava outro defeito. Hoje em dia, consegui controlar isso. Peguei um certo "trauma" de fechar e abrir blogs, rs

Então estamos assegurados que o Cinegrafia vai permanecer por muito tempo? Porque sinceramente não aguento mais atualizar a lista de parceiros!

Rs, Sim pode ficar assegurado quanto a isso. Na última vez que exclui um blog, apenas esse pensamento me vinha a cabeça ... "E agora? Qual a desculpa pra essa pataquada toda?". Fechar o Cinegrafia não está nos meus pensamentos. Também, acho que só agora me sinto 'bem' com um blog e 'seguro' para escrever sobre determinado tema. 

Mudando um pouco de Blog... às vezes me recorro a sua ajuda para salvar a mim a aos leitores do Tô Ligado!. Você costuma escrever em outros blogs, ou é exclusividade deste espaço? Não. É exclusividade do "Tô Ligado!". Cheguei a escrever para muitos blogs e ainda tive a honra de contribuir com o "Opinião & Opção", mas desta vez foi para ajudar o Britto. Maaas, digamos que sim, sou "Tô Ligado!" rsrs
Mudando de assunto... Você se considera um expert em cinema? Qual seu estilo de filme favorito? Expert de cinema? Não! Cinema é algo muito difícil. Existem milhares de filmes e vários diretores. Quanto mais se assiste, mais filmes aparecem. Impressionante isso! Então, não. Talvez nunca seja um expert. Apenas um admirador! Meu estilo favorito é drama e comédias românticas. Adoro os dois gêneros. Mas, hoje em dia eu vejo de tudo... 

Ual... palavras de um típico expert rsrs Entrando um pouco na vida pessoal... Já sabe o que fazer quando crescer?  
Não bajula Bruno!! hahaha Quando crescer? Sabe quanto tenho de altura? Se crescer mais, estou ferrado! Ok. Esqueça essa piadinha sem graça... Penso em fazer cinema ou jornalismo. Se caso for jornalismo, preciso especificar a área? Com certeza, não. rs Mas penso em viajar pro exterior antes de tentar algo na faculdade...

Não é bajulação, vivo dizendo lá no seu blog que você anda muito culto! rsrss Então isso implica que você vai para o exterior ano que vem?

Ah, fico feliz com a afirmação. Ainda mais vindo de você. Olha, comecei a pensar isso nesta semana após uma aula de português onde a minha professora falou sobre o assunto de "morar nos Estados Unidos", contando uma experiência pessoal dela. Fazer cinema no Brasil não é impossível, mas sabemos que é difícil. Além do curso ser caro tem o problema do mercado de trabalho não ser tão abrangente assim. É muito difícil firmar uma carreira aqui. Fazer cinema nos EUA, também é caro, porém, tem essa vantagem... o mercado de trabalho lá oferece mais oportunidades!


Mas você não acha que muita coisa é mito nosso? Veja bem, o cinema nacional esta em constate crescimento tanto em qualidade como em quantidade. Não pensa em tentar algo por aqui mesmo, já que não terá a barreira do idioma?

Em partes sim, acreditamos nesse mito sobre o "cinema nacional". E, sim, comparando com anos anteriores o cinema nacional teve uma melhora significativa. O problema é que várias pessoas ainda vejam com certo receio... Minha mãe por exemplo, você acha que ela quer que eu faça cinema? Pra ela seria mais válido ter um pedreiro ou advogado em casa. A faculdade possui um valor monetário muito alto e depois para se fazer um filme por aqui custa muito caro. Afinal, achar patrocinadores ainda é uma luta. O real problema é o pontapé inicial. Depois disso é que melhora...


Falando nisso, o que você acha do Cinema Nacional?

Nunca tive problemas com o cinema nacional. Enquanto reclamavam sobre os filmes 'favela movie', eu apenas pensava o motivo. Afinal, a realidade brasileira não é essa? Mas depois começaram apenas fazer este segmento e apostar todas as fichas nele. De uns três anos para cá que o cinema nacional está tentando se solidificar e criar um elo maior com o publico. É bom ver que o preconceito com o nosso cinema nacional vem acabando. O Brasil possui excelentes profissionais e uma qualidade gigantesca. Creio que já estamos prontos para criar uma forte industria aqui no Brasil. Basta apenas maiores investimentos.


Antes de acabar, deixe aqui um recado para o pessoal do Tô Ligado!.

Opa, mais já?! Ah, espero que tenha uma 'Parte 2' logo logo! Só queria agradecer a cada leitor, por sempre me aguentar em minhas invasões e acompanhar o meu crescimento e do próprio blog.
Fã, muito obrigado por aceitar o convite. Você sabe que não faço tipo e detesto bajulação... mas sou seu Fã cara. Esse crescimento do Tô Ligado! eu devo muito a você! É nessas horas que vejo que o meu trabalho está sendo apreciado. Sério mesmo! A mim? Que nada, o blog é mérito seu. Todinho! hahaha

Ah, a pergunta mais importante: quando pretende visitar Santa Maria? Rsrs

Em breve!!! Muito em breve!!! Nas férias do meio do ano!!! em junho/julho!!!

É isso aí pessoal. espero que tenham gostado! Bom Fim de semana!

6 comentários:

  1. Opa, tem até fotinha! rsrsrs Clone, foi um prazer dar a entrevista. Esperado [mesmo] uma "Parte II" hehe

    abs :D

    ResponderExcluir
  2. Amo muito essas figuras :D

    Alan!! Como você não me fala do blog?!

    Eu por fora das novis tsc...tsc hehe

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Também estou esperando a parte 2.
    E que legal a entrevista, espero ver mais blogueiros por aqui!

    ResponderExcluir
  4. Eita... Alan sendo celebridade... uahuaa
    Ótima entrevista.
    Gostei da coluna, espero que continue.
    Abraço e suce$$o!!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei! O Raspante é realmente uma pessoa muito especial por quem tenho muito carinho. Já disse que não morro sem conhecê-lo pessoalmente. Que Deus o abençoe e abra caminhos venturosos para que ele consiga realizar seus ambiciosos (mas possíveis) sonhos. Parabéns pela descontraída entrevista... Vale com toda certeza uma segunda parte. Abrs, Brunno e Alan!

    ResponderExcluir

Aguarde, em breve seu comentário será aprovado... Lembre-se que este espaço é visitado por pessoas de todas as idades e credos, por isso, comentários que ofendam a moral e os bons costumes serão rejeitados. Enquanto isso, aprecie sem moderação!