sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Mamma Mia!

Na Telinha

Opaa. Não é segredo pra ninguém que eu adoro musicais. Um dos meus preferidos é Mamma Mia!, que em 2008 deixou os palcos do teatro e transformou-se em filme pelas mãos do diretor Phyllida Lloyd. 

Imaginem um bom roteiro, somado a excelente trilha sonora do Abba e ainda Meryl Streep encabeçando o elenco. Dá pra imaginar o tamanho do sucesso né?

Apesar de passar a imagem de "filminho bobo para adolescentes", Mamma Mia! é surpreendentemente encantador. A historia gira em torno do casamento de Sophie (Amanda Seyfried), que por não conhecer a identidade do pai, resolve convidar três ex-namorados de sua mãe Donna. Daí pra lá, é só confusão. O mais bacana do filme, é que começa com uma proposta e termina de forma completamente diferente.

Uma excelente dica para este fim de semana.

Boa sessão.

5 comentários:

  1. Boa dica rapaz!!!
    Eu recomendo os filmes do Hannibal Lecter, comecei o ano no terror
    hehe
    ..

    ResponderExcluir
  2. Brunno,

    E suas dicas para me fazer mudar a linha de filmes que assisto kkk
    Vou assistir depois te conto o que achei.

    Bjos,

    Keli

    ResponderExcluir
  3. Tambem adoro musicais...
    Mas alguns são cansativos demais.
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  4. Adoro musicais e este é mto bacana. Streep como sempre: maravilhsa!

    ResponderExcluir
  5. Fala Dr.!

    Então, Mamma Mia é simplesmente um dos melhores musicais que já vi. Por vários motivos:
    1) Trilha sonora do Abba (maravilha!);
    2) Elenco de peso (Meryl Streep, Amanda Seyfried, Pierce Brosnan); 3) São os próprios atores quem cantam (e se dublam com perfeição);
    4) Roteiro divertidíssimo, animado e cativante;
    5) Fotografia deslumbrante do litoral grego.

    Genial! Só não supera Sweeny Todd e Cantando na Chuva...

    Abrs

    ResponderExcluir

Aguarde, em breve seu comentário será aprovado... Lembre-se que este espaço é visitado por pessoas de todas as idades e credos, por isso, comentários que ofendam a moral e os bons costumes serão rejeitados. Enquanto isso, aprecie sem moderação!