sábado, 25 de janeiro de 2014

1001 Filmes - O Sexto Sentido


Opaaa... a dica de hoje fica por conta de um suspense daqueles, que como diz no encarte do filme, "o final ninguém mata". Quem é fã Bruce Willis ou simplesmente de excelente suspense, não pode deixar de dar uma espiadinha na dica da Orcione Pereira. Mas atenção, caso ainda não tenha assistido ao filme, o texto tem um pequeno spoiler. É só pular o parágrafo... Bora acompanhar?

O sexto sentido

O sexto sentido (Estados Unidos, 1999, 108 min) é um filme escrito e dirigido por M. Night Shyamalan que teve seis indicações ao Oscar, duas ao Globo de Ouro e foi um sucesso de público tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil. Trata-se de um suspense que conta a história de Cole Sear (Haley Joel Osment), um menino de nove anos que vê e conversa com os mortos, e do conceituado psicólogo infantil Dr. Malcolm Crowe (Bruce Willis) que se propõe a ajudá-lo.

No início, o filme mostra Malcolm conversando com sua esposa Anna Crowe (Olivia Williams), na casa de ambos, após ter recebido um prêmio em reconhecimento ao seu trabalho na cidade da Filadélfia. Depois, eles descobrem que não estão sozinhos e surge um jovem visivelmente perturbado acusando Malcolm de não tê-lo ajudado quando era criança. O psicólogo o reconhece como sendo um antigo paciente chamado Vicent Gray (Donnie Wahlberg) e este acaba por atirar em Malcolm, se matando logo em seguida.

No outono seguinte, Malcolm começa a trabalhar com o paciente Cole, sempre fazendo analogias entre a sua situação e a de Vicent. Ao mesmo tempo, sua relação com a esposa só vai piorando, o que entristece muito e o deixa, às vezes, com raiva por pensar que ela está tendo um caso com um colega de trabalho. Com o passar do tempo, Malcolm conquista a confiança de Cole que lhe conta o seu segredo, ou seja, que vê pessoas mortas o tempo todo. Em um primeiro momento, Malcolm pensa que o menino pode ter um gravíssimo transtorno, mas depois ao se lembrar do caso de Vicent, ele sugere ao menino que se comunique com os espíritos, desenvolvendo o seu dom.

Mesmo com medo no início, Cole resolve tentar e ajuda a menina Kyra Collins (Mischa Barton) a revelar a verdadeira causa de sua morte no seu funeral. Cole também conta o seu segredo a sua mãe Lynn Sear (Toni Collette), que acredita após o menino lhe fazer revelações sobre sua avó, mãe dela.

SPOILER (clique e arraste) Malcolm retorna a sua casa e encontra a esposa dormindo. Anna deixa cair no chão a aliança dele, fato este que o faz perceber que foi morto por Vicent e que já estava assim durante todo o tempo que ajudou Cole. Ele se despede de sua esposa, conversando da forma como foi aconselhado pelo menino, e diz que a ama terminando, desta forma, os seus assuntos inacabados neste mundo. SPOILER

Mesmo já tendo assistido inúmeras vezes este filme e sabendo de seu final surpreendente, é muito bom perceber o cuidado com os detalhes no desenrolar da trama. Ao longo das cenas bem feitas, verifica-se algumas pistas que vão preparando o expectador para o clímax final como, por exemplo, antes de qualquer evento importante que envolve o sobrenatural, sempre surge em cena a cor vermelha em algum objeto, uma peça do vestuário dos personagens ou parte do cenário, e a forma como a câmera capta o rosto de Malcolm quando ele conversa com Cole no hospital, é como se ela quisesse antecipar a revelação final do filme.

Enfim, este filme surpreende o tempo todo devido à forma inovadora de M. Night contar uma boa história de fantasmas!

5 comentários:

  1. A única ´falha` que achei nesse filme é em relação à aparência do personagem Vicent Gray, que parece até ser mais velho do que o Malcolm.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Nesse sábado, vou assistir "O Lobo de Wall Street". Parece que tem três horas de duração...Vou encarar a missão. Abs, Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Hi, I read your blogs like every week. Your writing style is awesome, keep up the good work!


    My web blog: restoran temizliği ankara

    ResponderExcluir

Aguarde, em breve seu comentário será aprovado... Lembre-se que este espaço é visitado por pessoas de todas as idades e credos, por isso, comentários que ofendam a moral e os bons costumes serão rejeitados. Enquanto isso, aprecie sem moderação!