sábado, 25 de julho de 2009

Ti Ti Ti

Não Aguento Mais Ficar Órfão!!!

Ontem foi ao ar o último episódio desta temporada (espero) de Som & Fúria. Confesso que levei um banho de água fria com o primeiro episódio, pois vinha aguardando a série desde sua produção e me decepcionei muito com o primeiro episódio, que como disse, foi chato e arrastado.

Mas como sou brasileiro, resolvi dar mais uma chance ao seriado e me surpreendi muito com o up que teve. Simplesmente O T E M O.

Depois de Maysa, achei que dificilmente a Globo faria uma série que me prendesse desta forma. Que me fizesse largar tudo que estivesse fazendo para acompanhá-la. Que fizesse ficar acordado até de madrugada mesmo sabendo que no outro dia acordaria bem cedo.

Pena que a qualidade da série não foi refletida no ibope, chegando a marcar míseros 9 pontos na quarta passada. Mas se números refletissem qualidade e sucesso, A Favorita teria marcado médias acima de 50 pontos e o Geraldo Brasil não passaria de 2.

Acho que o público, assim como aconteceu com Capitu, não está preparado para este tipo de programa...

Uma coisa tembém que não gostei foi a logo de abertura que lembrou e muito Caras & Bocas.

Tentei destacar alguma atuação mas é impossível. Parece que fizeram um rodízio de destaque. A cada capítulo um passava à frente do outro. No início Regina Casé e Dan Stulbach me arrancavam gargalhas toda vez que entravam em cena. Mais tarde veio Felipe Camargo mostrando que tem pique para segurar um protagonista (acho que Dante foi seu melhor papel na TV). Maria Flor e Daniel de Oliveira tiveram uma pequena participação, mas arrebentavam toda vez que entravam em cena. Só não gostei muito de Pedro Paulo Rangel, que vem sendo muito repetitivo em seus últimos personagens. Me lembrou muito aquele personagem que ele interpretava em Os Aspones. Debora Falabella entrou mais no finalzinho pra fechar com chaves de ouro. Até o insosso Leonardo Miggiorin conseguiu se destacar na trama.

Mas com toda certeza o grande destaque, além da volta triunfal de Felipe Camargo, foram as atuações da veterana Andréa Beltão e da novata Cecília Homem de Mello. Impressionante!

Tomara que se confirme logo a segunda temporada desta série, e que Fernando Meirelles continue acertando a mão na direção que também estava impecável.

Outra coisa que me chamou atenção foi o fato de mostrarem os bastidores de uma companhia de teatro. Me fez recordar os tempos em que eu estava por trás das cortinas, correndo para que tudo desse certo durante o espetáculo.

Fernando Meirelles conseguiu nos transportar à realidade com a inserção do problema do imposto de renda vivido por Elen. Achei o máximo! Nada a ver com o enredo, mas foi contada de uma maneira tão peculiar, que se encaixou perfeitamente à história da trama.

Parabéns!

... E que venha logo o DVD!!!!

2 comentários:

  1. espero o DVD
    pois aqui não tive oportunidade de ver
    ! ! !

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o Som & Fúria, concordo com tudo o que dissestes! Também aguardo ansioso o DVD, até porque ele será mais completo, pois na Globo os capítulos foram menores. Valeu a pena acompanhar, me diverti muito!
    André San, www.tele-visao.zip.net

    ResponderExcluir

Aguarde, em breve seu comentário será aprovado... Lembre-se que este espaço é visitado por pessoas de todas as idades e credos, por isso, comentários que ofendam a moral e os bons costumes serão rejeitados. Enquanto isso, aprecie sem moderação!