quarta-feira, 1 de abril de 2009

Especial Superman

A Crise !!!!!

Em 1985, a DC comemorava 50 anos e uma reformulação geral seria feita em seu universo. Inspirada na cronologia única da Marvel, a editora havia decidido unificar suas Terras (e isso significava o fim das Terras 1 e 2). Crise nas Infinitas Terras foi lançada como uma mini-série em 12 edições com o objetivo de limpar a cronologia do universo DC, unificar as Terras e reinterpretar seus heróis para os novos tempos.


Superboy Prime

Paralelamente a isso, surgia o último herói do multiverso e a última adição a mitologia do herói no período pré-crise. Surge em DC Comics Presents #87 um novo Superboy vindo da Terra Primordial (Earth Prime). Antes da explosão do planeta Krypton, Jor-El envia seu filho para a Terra através de um raio de teleporte. A Terra Primordial era o equivalente a nossa Terra, onde os heróis eram apenas personagens de ficção. Assim, o bebê cai na Terra e é encontrado por um casal que o batizam de Clark. O jovem Clark Kent cresce sem suspeitar de sua origem, até que um dia se veste de Superboy para uma festa e descobre que pode voar e tinha todos os poderes do Superman dos quadrinhos.

Ele se encontra com o Homem de Aço da Terra 1 e acaba ajudando os heróis durante a Crise após a destruição de sua Terra pela nuvem de Antimatéria do Antimonitor.

A Terra 3, lar do Sindicato do Crime, também foi destruída, mas não sem antes seu único herói, Lex Luthor, numa clara menção à origem do Superman, enviar seu filho Alex para o universo de Matéria Positiva da Terra 1, onde foi encontrado pelo Monitor e pela Precursora durante a Crise. A viagem pelas dimensões de matéria negativa e positiva acelerou o crescimento do garoto e lhe deram poderes especiais como os de abrir portais pelas dimensões do Multiverso.

Crise Nas Infinitas Terras !!!

As mudanças no Superman foram significativas durante o evento. A começar, Kara Zor-El, a Supergirl, morreria na edição 5 da saga num dos momentos mais dramáticos da história do Homem de Aço e dos quadrinhos. A Terra 2 era apagada da existência após o confronto dos heróis com o Antimonitor na Aurora dos Tempos e do surgimento do novo universo unificado, deixando Kal-L sozinho, não só como último sobrevivente de Krypton, mas agora, como o último sobrevivente de todo o seu universo.
Ao fim da Crise, uma nova Terra foi criada, o Antimonitor foi destruído pelo Superman da Terra 2, que ao lado de Alex Luthor e Superboy Prime, tornavam-se os últimos sobreviventes do antigo Multiverso.

Os sobreviventes não tinham mais lugar na nova Terra. Alex Luthor revela a Kal-L que havia salvado sua Lois Lane da devastação, e os quatro puderam se refugiar numa outra dimensão onde viveriam eternamente como num paraíso, enquanto a nova Terra seguiria seu caminho. Um final mais do que merecido para o primeiro de todos os Super-Homens e sua esposa, assim como para o último representante do Multiverso DC, o Superboy Prime.

Ainda em 1986, após a Crise, Alan Moore escreveria a última história do Superman. Com a morte da Supergirl, o fim da Terra 2 e a nova reformulação a caminho, Moore escreve uma belíssima homenagem a quase 50 anos de histórias do personagem, encerrando de maneira primorosa a saga do maior herói de todos os tempos na história "Whathever Happened to the Man of Tomorrow?".

Era o fim do Superman como o conhecíamos durante décadas. E o começo de uma nova era para o personagem.


Fonte: Kal http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=22877969

E semana que vem, tem os efeitos Pós Crise!
Teh


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguarde, em breve seu comentário será aprovado... Lembre-se que este espaço é visitado por pessoas de todas as idades e credos, por isso, comentários que ofendam a moral e os bons costumes serão rejeitados. Enquanto isso, aprecie sem moderação!