sábado, 17 de julho de 2010

Revirando o Baú

De Repente 30

Procurei uma dica legal de DVD pra postar hoje, mas ultimamente não encontro nada que valha a pena indicar a vocês. Por isso, resolvi rever uma das únicas comédias românticas que eu consegui gostar, De Repente 30 e comentar sobre ela.

O longa de 2004 conta a história de Jenna Rink que não tinha atributos suficientes para ser uma garota popular e após uma armadilha encabeçada pelas mais popularas do colégio, tem seu desejo de ser uma mulher de 30 anos bem sucessida atendido. Daí por diante é confusão na certa até ela perceber que tem realmente 30 anos e se tornou uma pessoa um tanto quanto duvidosa.

Nos papéis principais do filme estão alguns dos meus atores preferido: o super talentoso Mark Ruffalo (fiquei sabendo que Mark será o novo Hulk de Os Vingadores) e Jennifer Garner, que além de talentosa é linda.

O filme é uma declarada homenagem aos anos 80 com menções de vários artistas e músicas da época como Thriller (Michael Jackson), Jessie´s girl (Rick Springfield), Crazy for you (Madonna), Love is a battlefield (Pat Benatar), Ice, ice, baby (Vanilla Ice), Burning down the house (Talking Heads) e Vienna (Billy Joel). Falando em Thriller, a produção de Gary Winick foi extremamente cuidadosa com a cena em que Jenna salva a festa dançando o sucesso do Rei do Pop. Pra mim a melhor cena do filme, e uma das melhores que já vi.
 
Apesar de ser um daqueles filmes em que todos já sabem o final, vale muito  apena assisti-lo. 
 

Fica a dica! Bom fim de semana...
ATE

P.S.: Últimos dias para votar na enquete...não deixem de participar!!!

5 comentários:

  1. E aee Clone, ótima dica!
    Esse filme é mesmo muito bacana e os protagonistas tem uma ótima química.
    Este é um dos filmes que já merece ser considerado clássico da sessão da tarde. Vira e mexe, o filme é exibido, rs
    Abs.

    ResponderExcluir
  2. Adoro De Repente 30!!! Junto com 500 Dias com Ela é o que há de melhor da compedia romântica dos últimos tempos...a Jennifer Garner é ótima mesmo (só em Elektra que ela tava muito ruim) e o Ruffalo atua bem (parabens para ele em E Se Fosse Verdade e puxão de orelha em Ilha do Medo hehehe). Mas o filme é divertido, romântico, tem um ritmo ótimo, fala um pouco sobre jornalismo, e aí eu piro...pena que já foi pra Sessão da Tarde..tá desvalorizado rsrsr..mas não sai da minha cabeça....

    Abrs

    OBS: Vamos tentar nos esbarrar no msn então...

    ResponderExcluir
  3. Já vi esse filme é muito bom. Como dissete é daqueles filmes que já sabemos o final mas vale apena assistir. Assim como: Diga que não é verdade, a proposta, como se fosse a primeira vez, e outros do genero. Uma vez escrevi no meu blog sobre Diga que não é verdade: http://josiasporciuncula.blogspot.com/2010/02/dica-de-filme.html

    ResponderExcluir
  4. Já tentei ver esse filmes algumas vezes, mas nunca consegui. Sempre acontece algum imprevisto, chega visita, falta luz... Lembro que na primeira vez que ele passou na Globo (Tela Quente, num dia 30), eu tinha marcado de vê-lo, mas cheguei em casa depois das 23h, hehehe... Que coisa, não?!

    ResponderExcluir
  5. Já assisti duas vezes "De Repente 30" e apesar de ter gostado bastante, não consigo mais parar para assistir novamente quando passa na TV. Não sei... Acho que ele faz parte da minha lista de filmes que consigo assistir somente uma única vez (ou duas, no caso).
    Enquanto outros já conferi umas 1000 vezes. "Orgulho e Preconceito" que o diga.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Aguarde, em breve seu comentário será aprovado... Lembre-se que este espaço é visitado por pessoas de todas as idades e credos, por isso, comentários que ofendam a moral e os bons costumes serão rejeitados. Enquanto isso, aprecie sem moderação!